Encontro Pagão da Baixada Santista

Encontro Pagão da Baixada Santista

sábado, 30 de abril de 2011

Feliz Samhain!

Pensei em não escrever nada hoje, mais de alguma forma esta data me inspirou a escrever seja no Orkut, no twitter ou no Blog.
Sempre gostei deste festival, ele sempre me dá lições valiosas, ano passado eu senti como ele era difícil, vi realmente a parte escura do ano refletir em minha vida, o Samhain deixou de ser apenas a época das “gostosuras ou travessuras” e passou a ser a data da morte do Deus, um recomeço e um importante momento de lições, nem sempre as lições são faveis de aprender mais são sempre necessárias!
Geralmente falo um pouco do rito de outras culturas do significado da data e tudo mais, porem é uma data muito forte pra mim e de grande significado!

Então vamos ao que interessa......
data
31 de outubro no hemisfério Norte
1º de maio no hemisfério Sul
Samhain se pronuncia Sou-ein. Esse dia sagrado é conhecido por inúmeros nomes. Para muitos, talvez, o mais conhecido seja Halloween afinal foi desta celebração pagã que ele surgiu. Para nós, Bruxos, é a festa na qual honramos nossos ancestrais e aqueles que já tenham partido para o País de Verão. É também a morte do Deus, quando Ele se sacrifica por nos e pela Deusa o Deus doa toda a sua força e energia pra terra para que possamos sobreviver ao período escuro do ano, ele foi ao submundo e lá ficou no útero da Deusa para renascer em Yule, um novo ciclo, um novo ano e um novo recomeço. Aqui se encera um ciclo para começar outro.
Essa é à noite em que o véu que separa o mundo material do mundo espiritual encontra-se mais fino e o contato com nossos ancestrais torna-se mais fácil.
Devemos usar este dia para honra-los é um bom momento também para consultar seus oráculos, pois o poder deste dia é muito forte.
Dance com seus ancestrais de Arte e de sangue, celebre com eles e aprenda as lições que eles têm a lhe dar!
Os espíritos daqueles que já partiram para o outro plano são mais acessíveis durante a noite de Samhain.
Essa é a última colheita, o tempo em que os antigos povos da Europa sacrificavam seus gados e preservavam sua carne para o Inverno, pois esses animais não podiam sobreviver em grande escala nesse período do ano devido ao frio vindouro. Só uma pequena parte, os mais viris e fortes, era mantida para o ano seguinte.
Samhain é à noite em que o Velho Rei morre e a Deusa Anciã lamenta sua ausência nas próximas seis semanas. O Sol está em seu ponto mais baixo no horizonte, de acordo com as medições feitas através das antigas pedras da Britânia e da Irlanda, razão pela qual os Celtas escolheram esse Sabbat, em vez de Yule, para representar o Ano-Novo.
Estamos m um momento ideal para términos e começos, é Samhain é ano Novo Ciclo Novo. Tire tudo que não lhe serve mais e substitua por aquilo que lhe fortifica.
Em Samhain, o Deus finalmente morre, mas sua alma vive na criança não nascida, a centelha de vida no ventre da Deusa. Isto simboliza a morte das plantas e a hibernação dos animais, o Deus torna-se então o Senhor da Morte e das Sombras.
Samhain é um festival do fogo e é a entrada para a parte sombria e fria da Roda do Ano. É em Samhain que as fogueiras são acesas para que os espíritos do outro mundo possam encontrar os caminhos para partirem ao Outro Mundo (País de Verão).
Samhain é o tempo de lembrarmos com amor daqueles que partiram para o outro lado, por isso é chamado de a Festa Ancestral. Toda a família, ou grupo, se reúne para reverenciar os que já partiram. É muito comum nesse Sabbat se realizar uma ceia em silêncio, conectando-se com aqueles que já cruzaram os portais dos mundos.
Celebramos então um dos 4 grandes Sabats um que já foi considerado o maior e mais importante, principalmente em um tempo em que o ano era marcado por 2 períodos.
Muitas práticas divinatórias foram associadas à Samhain, as mais comuns eram aquelas que prenunciavam casamentos e fortunas para o próximo ano que estava se iniciando.
Uma das tradições mais comuns praticadas pelos povos antigos era a de colocar várias maçãs em um grande barril de água. Várias mulheres se reuniam em volta do barril, e a primeira que conseguisse pegar uma das maçãs seria a primeira a casar no próximo ano.
Sem sombra de dúvida a prática mais famosa do Samhain é o Jack O'Lantern (máscaras de abóboras), que sobrevive até hoje nas modernas celebrações do Halloween. Vários historiadores atribuem suas origens aos escoceses, enquanto outros lhe conferem origem irlandesa. As máscaras eram utilizadas por pessoas que precisavam sair durante a noite de Samhain. As sombras provocadas pela face esculpida n abóbora tinham a virtude de afastar os maus espíritos e todos os seres do outro mundo que vinham para perturbar. Máscaras de abóboras também eram colocadas nos batentes das janelas e em frente à porta de entrada para proteger toda a casa.

Samhain significa "sem luz" ou "fim do verão", à noite em que o mundo mergulha na total escuridão da alma, preparando-nos para a chegada das noites frias. Na Irlanda antiga, todos os anos um novo fogo sagrado era aceso, com o qual se acendiam todos os demais fogos do vilarejo para queimar durante todo o inverno, com o objetivo de levar luz através do tempo escuro do ano. 

Celebrem e vivenciem todas as fases da vida, pois a Roda gira igual para todos, mesmo para aqueles que não estão conectados a ela. O ciclo eterno das transformações... Onde o fim representa o começo, abençoados pelo Céu, a Terra e o Mar!

Correspondência de Samhain

Cores: preto, roxo e laranja.
Nomes Alternativos: Festa de Todos os Santos, All Hallows, Mischief Night, Hallowmas, Noite de Saman, Samaine, Halloween, All Hallows Eve.
Deuses: Deuses Anciãos, a Deusa na sua face da Anciã, o Deus como o Senhor das Sombras.
Ervas: nós-moscada, sálvia, menta, mirra, patchuli, artemísia, alecrim, musgo, calêndula, louro, mandrágora.
Pedras: obsidiana, floco de neve, ônix, cornalina, turmalina negra, âmbar, granada, hematita.
Atividades:
Tomar resoluções para serem colocadas em prática no próximo ano que se inicia.
Queima de pedidos.
Confeccionar um Jack O'Lantern.
Fazer oferendas de maçãs e pães no jardim dos ancestrais.
Adivinhação.
Fazer máscaras que expressem a sua sombra.
Confeccionar vassouras Bastão Mágico. Witch's Cord (Corda de Bruxa) para proteção durante o decorrer do ano.
Acender uma vela laranja à meia-noite para atrair sorte no ano que se inicia.
Erigir um Altar com a foto de seus ancestrais amados e colocar oferendas sobre ele, demonstrando seu agradecimento e reconhecimento pelos feitos deles na Terra.
Comidas e Bebidas Sagradas: maçã, romã, nozes, cidra, vinho quente, abóbora, chá de ervas, batata.


Fonte:

)O( Fréya Vivienne

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget