Encontro Pagão da Baixada Santista

Encontro Pagão da Baixada Santista

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Varinhas mágicas.

Feliz 2014....
O primeiro post do ano vai ser sobre varinhas mágicas, eu ia começar pelo post que escrevi em dezembro do ano passado, mais isso me pareceu tão distante RS
Fala serio, ano novo post novo...
Assumo pra vocês que to escrevendo pela segunda vez, porque tinha travado e perdi o que escrevi espero não deixar passar coisas interessantes agora.
Então vamos lá....
Quem nunca imaginou uma bruxa com algum instrumento mágico?
Elas possuem vários no imaginário popular acho que o principal o primeiro que vem a mente é o caldeirão, depois a varinha ou o athame encontrado em livros estórias, filmes enfim...

E o pentaculo que apesar de ser muito importante e de todos os bruxos gostarem nem sempre é o primeiro a ser lembrado, mas gostaria de lembrar que isso tudo é apenas um auxilio, o seu próprio corpo forma o pentaculo, suas mãos são o athame e a varinha e claro o livro das sombras esta na sua memória dessa e de outras vidas ;)
Vou falar sobre varinhas mágicas, porque confecciona-las foi uma coisa tão gostosa e tão mágica que me trouxe uma paz sem igual que quis dividir um pouco do poder delas com vocês.
A varinha mágica ou o bastão mágico é essencialmente feito de madeira, porem pode ser feito de vários outros materiais, eu Fréya prefiro os feitos com o galho de uma bela arvore, acho que difere em seu poder, gosto também dos feitos de canela, uma vez ganhei uma de presente da sacerdotisa que me iniciou era lindaaaaaa rs, mas quebrou :(
Para se fazer uma com o galho de uma arvore deve se levar algumas coisas em consideração, a primeira é que a arvore é um ser vivo e sagrado, por isso devemos colher da forma certa, com respeito a essa arvore, de preferência na lua cheia e agradecendo ao final a mãe terra, ou a divindade presente na arvore, como achar melhor por ceder seus galhos e seu poder  para seu trabalho mágico.
As varinhas possuem uma ligação com as fadas que preferem ela ao athame, pois elas possuem um certo receio com os objetos feitos de metal, por isso se for trabalhar com elas é legal traçar o circulo com a varinha.

Elas são associadas ao elemento ar, porem algumas tradições a ligam ao elemento fogo.
A varinha é usada para apontar algum objeto durante o ritual, traçar o circulo de proteção, desenhar símbolos mágicos no ar, consagrar objetos e o que mais sua intuição mandar.
Ela representa a força de vontade e o poder mágico de quem a usa, a varinha é sempre uma extensão do corpo do bruxo.
Ela amplia a sua vontade, dá força ao seu desejo e auxilia na imaginação, afinal magia é imaginação mais ação.
Está relacionado ao Deus em seu aspecto fecundador devido ao seu formato fálico.
Por essas e outras deve ser um objeto escolhido ou feito com carinho.


Ritual com a varinha mágica da Tânia Gori.
Sabe aquele desejo bem difícil, mas que você quer que a Deusa pense com carinho pra você, ai você chega como um bom filho e deita em seu colo e fala bem baixinho como aprendemos desde cedo a fazer?
Pois bem quando li esse feitiço foi em um momento assim que pensei.
Ritual com a varinha:
Quando temos um desejo muito grande, devemos fincar a varinha no solo e lhe contar nosso desejo. Dessa maneira estaremos, estaremos passando para a mãe nosso pedido.

Bjs e luz a todos até breve
Michelle )O( Fréya Vivienne


todas as varinhas que estão nas fotos são da Sensoriall feitas com amor e magia por Mim Michelle Araujo e Karla Souza.

Fonte: wicca a religião da Deusa
Wicca ritos e mistérios da bruxaria moderna

Bruxaria natural uma escola de magia.
e meu BOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget